• Glasnost

Vamos ter representantes do Cidadania na câmara?

O Cidadania nasceu PCB (Partido Comunista Brasileiro), inclusive é, segundo o TSE o sucessor do partidão, e o partido que herdou o seu patrimônio e o número 23. Em 1989 disputou a eleição presidencial com Roberto Freire, presidente do partido, como candidato a presidente. Em 1992 em um congresso rodeado de polêmicas e até hoje criticado por lideranças do PCB, foi decidida pela extinção do PCB e a criação do PPS (Partido Popular Socialista) como seus sucessor. Em 2019 o partido mudou de nome e passou a se chamar Cidadania.


Em Porto Alegre, como PCB, participou da primeira eleição em 1985 na Aliança Democrática (PMDB, PFL, PCB, PCdoB) que disputou as eleições para a prefeitura com a Carrion Júnior (PMDB) e José Fogaça (PMDB).

O Jornalista Lauro Hagemann, o conhecido repórter Esso, e a histórica "Voz da Legalidade", falecido em 2015, aos 84 anos, foi o primeiro e único vereador eleito pelo PCB , e também foi o primeiro vereador eleito pelo PPS em Porto Alegre. Homem de coragem e trajetória honrada é sempre lembrado como um dos grandes políticos gaúchos.

Nas eleições municipais de 1988 compuseram a Frente Popular com o PT que elegeu Olívio Dutra(PT) e Tarso Genro (PT) à Prefeitura. Para a Câmara de Vereadores lançaram cinco candidatos na coligação e elegeram seu primeiro vereador, o jornalista Lauro Hagemann, o sétimo mais votado da cidade com 5.664 votos.


Em 1992, já como PPS, novamente estiveram na Frente Popular com PT, PV, PC e PSB, que elegeu Tarso Genro (PT) e Raul Pont (PT) para a prefeitura. Para a câmara lançaram cinco candidatos, e reelegeram Lauro Hagemann com 4.845 votos.


Em 1996 se mantiveram ao lado do PT e do PCB, já refundado por outro grupo, na Frente Popular que elegeu Raul Pont (PT) e José fortunati (PT), para a câmara lançaram quatro candidatos e Lauro Hagemann ficou como primeiro suplente da coligação que elegeu 14 vereadores, todos do PT, porém, assumiu o mandato na licença dos secretários e depois definitivamente após as eleições de 1998.


Em 1998 e 2002, o PPS lançou a candidatura de Ciro Gomes à presidência, o faz o partido começar a se modificar, por isso, em Porto Alegre, nas eleições de 2000 participa com a candidatura própria de Valter Nagelstein (PPS) e Helena Biasotto (PHS), e para a câmara apresenta 11 candidatos em uma coligação com PHS e PAN, sem Lauro Hagemann, que juntos receberam 3.759 votos, não elegendo representante.


Em 2001 o ingresso do ex-governador Antônio Britto, acompanhado de outras lideranças do PMDB acabou trazendo um período de crescimento eleitoral ao PPS, que em 2004 interrompeu uma sequência de vitórias do PT, vencendo a eleição majoritária com José Fogaça (PPS) e Eliseu Santos (PTB) e elegeu dois dos 17 candidatos que lançou, Paulo Odone como o mais votado da coligação com 8.137 votos e Clênia Maranhão com 5.791 votos.


Em 2008, após José Fogaça voltar ao PMDB, o PPS disputou a eleição majoritária com Manuela D’Ávila (PCdoB) e Berfran Rosado (PPS) em uma coligação formada por PCdoB, PPS, PR, PTdoB, PMN, PTN e PSB. Para a câmara o partido lançou 21 candidatos e elegeu três, Toni Proença com 3.788 votos, Paulinho Rubem Berta com 3.346 votos e Elias Vidal com 3.381 votos.


Em 2012 o partido apoiou a candidatura vitoriosa de José Fortunati (PDT) e Sebastião Melo (PMDB) a prefeitura, e elege Any Ortiz, dentre os 31 candidatos que lançou, com 5.940 votos.


Nas últimas eleições em 2016 o PPS apoiou a candidatura de Sebastião Melo (PMDB) e Juliana Brizola (PDT) à prefeitura, e não elegeu nenhum de seus 29 candidatos, na coligação foi eleito Wambert Di Lorenzo (PROS) vereador, com Gilson Padeiro (PPS) como primeiro suplente.


Este ano, o partido concorre pela primeira vez como Cidadania e participa da coligação majoritária encabeçada por Sebastião Melo (PMDB) e Ricardo Gomes (Democratas). Para a câmara traz uma nominata bem renovada, dos candidatos de 2016 concorrem novamente pelo cidadania a agente comunitária de saúde Ana Alice Lopes Boa Nova “Aninha do IAPI” que é suplente de vereadora e recebeu 1.572 votos; a fisioterapeuta e terapeuta ocupacional Cheila Maria Schroer, que recebeu 765 votos; Dalva de Moura Vargas, que recebeu 97 votos; o servidor público e líder comunitário da Lomba do Pinheiro Leandro da Silva e Silva “Léo Silva”, que recebeu 1.175 Votos; o advogado Marcos Filipe Haddad de Menezes Garcia “Marcos” que recebeu 895 votos; e a advogada, pós-graduada em gestão pública e direito administrativo Monique Raupp Silva, que recebeu 470 votos.

Aninha do IAPI, Cheila Schroer, Marcos, Léo Silva, Dalva Vargas e Monique Raupp seguem buscando representar o Cidadania na câmara de vereadores de Porto Alegre.

Dos novos candidatos o Cidadania trás o vereador de Viamão Jessé Sangalli de Mello, Jessé é agente federal de segurança no Tribunal Regional do Trabalho, e em 2016 se elegeu vereador pelo PSDB em Viamão, no início deste ano renunciou ao seu mandato na cidade vizinha para concorrer a vereador em Porto Alegre; o partido traz ainda outros candidatos servidores públicos da área de justiça e segurança, como o bacharel em direito, há 25 anos comissário da polícia civil, Luís Ernesto Zottis “Comissário Zottis”; o ex-policial militar, hoje servidor da guarda municipal de Porto Alegre, Lauro Giovani Alves do Val, trabalhador da área de segurança há 32 anos; o bacharel em direito, Joel Souza de Oliveira “Delegado Joel”, que foi delegado até se aposentar em 2019; o oficial de justiça Luiz Jacomini Righi Filho, liderança cívica do Acredito, com formação em jornalismo, direito, e MBAs em gestão desportiva e Gestão Pública; e o policial civil Vinicius Geiger, palestrante do programa Papo de Responsa, professor pós graduado em direito penal e processo penal;

Comissário Zottis, Vini Geiger, Jessé Sangalli, Lauro Giovani, Delegado Joel e Luiz Jacomini, são alguns dos servidores públicos da área de justiça e segurança que disputam uma vaga na câmara de vereadores de Porto Alegre pelo Cidadania.

No “time” feminino do Cidadania, que é comandado no estado pela deputada Any Ortiz, está a professora graduada em letras e pedagogia Luciane Soares Xavier especialista em mídias na educação e informática para professores; a consultora estratégica de pessoas e negócios e especialista em psicologia da saúde Ester Garcia; a empresária do bairro Ponta Grossa Aline Peres da Silva Bernardes; a aposentada, líder comunitária da Zona Norte, Elsa Maria de Andrade; a gestora de recursos humanos Paula Renata Correa Weber Paim; a dona de casa Marcia Josiane Oliveira de Lima; a contadora Roselaine Oliveira da Silva “Rose Oliveira”; a confeiteira, yalorixá, mulher trans, Camila Pereira Rodrigues; e a educadora e professora de Geografia Simone Bittencourt.

Simone Bitencourt, Luciane Xavier, Ester Garcia, Camila Rodrigues, Rose Oliveira, Aline Bernardes, Elsa Andrade e Paula Paim buscam o espaço feminino na câmara de vereadores..

O Cidadania traz ainda Cristian Marques Almeida “Alemão do APP”, formado em administração de empresas e cursando de engenharia na UFRGS, desde 2016 dirige profissionalmente pelos aplicativos de mobilidade (APP’s); Cobrador de ônibus da zona norte Alessandro Avila “Alessandro Boneca”; o vendedor Delano Lima; o comerciante Pierre Cardoso, que foi candidato pelo PTdoB em 2016 quando recebeu 561 votos; Carlos Alexandre Silveira De Andrades "Xandi Negão"; comerciante Heberti Regis Pamplona de Abreu “Heberti O Professor”; o líder comunitário da zona norte Everson Sá “Sarará do Rubem Berta”; Fábio Luiz Britz; o líder comunitário e árbitro de futebol Paulo Roberto Naisinger de Oliveira “Paulão Paquetá”; e o músico e produtor Paulo César Bombassaro “Paulinho Tchê Barbaridade”

César Tchê Barbaridade, Everson Sá, Pierre Cardoso, Xândi Negão, Fábio Britz, Alemão do APP, Alessandro Boneca, Heberti Abreu, Paulão Paquetá e Delano Lima, estão na luta para conquistar uma cadeira na câmara.

O Cidadania é um dos partidos que abriga candidatos de movimentos como Renova BR e Acredito, este ano apresenta em sua nominata, além de Luiz Jacomini já citado, o auditor de controle externo do Tribunal de Contas da União, Klaus Felinto de Oliveira “Auditor Klaus”, do Renova, que em 2018 concorreu a deputado pelo Novo quando recebeu 1.427 votos; professor, voluntário e ativista pela educação Giovane Martins Vaz dos Santos, líder cívico do movimento Acredito, formado pelo RenovaBR cidades; e o professor Vagner Garcez Soares “Professor Garcez”, líder RenovaBR;


Completam a nominata do Cidadania o engenheiro e empresário João Alberto Morsch; o técnico em administração e estudante de direito na UFRGS, Lucas Borba, o empresário da área de tecnologia e eventos esportivos Paulo Roberto Kendzerski Junior organizador do Circuito Gaúcho de Futevôlei; a professor universitário Arthur Cauduro, que foi candidato a deputado estadual pelo PRB em 2018 quando recebeu 3.691 votos; o advogado trabalhista e professor universitário Felipe Ferraz Merino; o empreendedor do segmento de eventos Rafael Oliveira de Bairros “Rafa Bairros”; o gestor público com atuação nas áreas do esporte, saúde e inclusão social Cesar Rodrigo Gonzales “Rodrigo Mezenga”.

João Morsch, Lucas Borba, Vagner Garcez, Giovani Vaz, Professor Merino, Auditor Klaus, Professor Cauduro, Paulo Júnior, Rodrigo Mezenga e Rafa Bairros, completam a qualificada nominata do Cidadania.

O Cidadania apresenta uma nominata diversificada com 41 candidatos bem preparados e qualificados. Mesmo que seja difícil prever o desempenho quando a nominata tem muitos candidatos novos, ousamos dizer que o partido terá representante na câmara na próxima legislatura, e que podem ser dois.


Lista dos candidatos do Cidadania com os respectivos números conforme registro no TRE


ALEMÃO DO APP - CRISTIAN MARQUES ALMEIDA - 23099

ALESSANDRO BONECA - ALESSANDRO AVILA - 23500

ALINE BERNARDES - ALINE PERES DA SILVA BERNARDES - 23077

ANINHA DO IAPI - ANA ALICE LOPES BOA NOVA - 23333

AUDITOR KLAUS - KLAUS FELINTO DE OLIVEIRA - 23130

CAMILA RODRIGUES - CAMILA PEREIRA RODRIGUES - 23303

CHEILA SCHROER - CHEILA MARIA SCHROER - 23001

COMISSÁRIO ZOTTIS - LUIS ERNESTO ZOTTIS - 23197

DALVA VARGAS - DALVA DE MOURA VARGAS - 23575

DELANO LIMA - DELANO LIMA - 23230

DELEGADO JOEL - JOEL SOUZA DE OLIVEIRA - 23007

ELSA ANDRADE - ELSA MARIA DE ANDRADE - 23008

ESTER GARCIA - ESTER GARCIA - 23600

EVERSON SA - EVERSON CARLOS NASCIMENTO SA - 23210

FABIO BRITZ - FABIO LUIZ BRITZ - 23003

GIOVANE VAZ - GIOVANE MARTINS VAZ DOS SANTOS - 23321

HEBERTI O PROFESSOR - HEBERTI REGIS PAMPLONA DE ABREU - 23117

JESSE SANGALLI - JESSE SANGALLI DE MELLO - 23200

JOÃO MORSCH - JOÃO ALBERTO MORSCH - 23023

LAURO GIOVANI - LAURO GIOVANI ALVES DO VAL - 23556

LEO SILVA - LEANDRO DA SILVA E SILVA - 23123

LUCAS BORBA - LUCAS DE BORBA FERREIRA - 23323

LUCIANE XAVIER - LUCIANE SOARES XAVIER - 23201

LUIZ JACOMINI - LUIZ JACOMINI RIGHI FILHO - 23456

MARCIA LIMA - MARCIA JOSIANE OLIVEIRA DE LIMA - 23423

MARCOS - MARCOS FILIPE HADDAD DE MENEZES GARCIA - 23000

MONIQUE RAUPP - MONIQUE RAUPP SILVA - 23400

PAULÃO PAQUETA - PAULO ROBERTO NAISINGER DE OLIVEIRA - 23190

PAULA PAIM - PAULA RENATA CORREA WEBER PAIM - 23320

PAULINHO TCHE BARBARIDADE - PAULO CESAR BOMBASSARO - 23100

PAULO JUNIOR - PAULO ROBERTO KENDZERSKI JUNIOR - 23800

PIERRE CARDOSO - PIERRE CARDOSO - 23490

PROFESSOR CAUDURO - ARTHUR CAUDURO - 23111

PROFESSOR GARCEZ - VAGNER GARCEZ SOARES - 23555

PROFESSOR MERINO - FELIPE FERRAZ MERINO - 23777

RAFA BAIRROS - RAFAEL OLIVEIRA DE BAIRROS - 23033

RODRIGO MEZENGA - CESAR RODRIGO GONZALES - 23723

ROSE OLIVEIRA - ROSELAINE OLIVEIRA DA SILVA - 23233

SIMONE BITTENCOURT - SIMONE MARIA VASCONCELLOS BITTENCOURT - 23237

VINI GEIGER - VINICIUS GEIGER - 23300

XANDI NEGÃO - CARLOS ALEXANDRE SILVEIRA DE ANDRADES - 23470

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

© 2020 by Serginho Neglia.

criado com Wix.com