• Glasnost

Será que o PSB mantém ou amplia sua bancada?

Atualizado: Nov 11

O Partido Socialista Brasileiro - PSB é um dos partidos mais antigos do país, fundado em 1947 e refundado em 1985, após o regime militar, com o mesmo programa e manifesto.

Em 23 de Julho de 1985 o Jornal Zero Hora noticiava a reorganização do PSB no Rio Grande do Sul

No Brasil nunca foi considerado um grande partido, porém, é um dos partidos que mantém uma tradição de coerência e simpatia perante o eleitor. No Rio Grande do Sul disputou as eleições pela primeira vez em 1986 quando lançou Fúlvio Petracco e Elaine Matos candidatos ao governo do estado do Rio Grande do Sul.


Em Porto Alegre, a primeira disputa foi em 1988 quando lançou Fúlvio Petracco e Humberto Carvalho a prefeitura, e 88 candidatos a vereador, que juntos receberam 27.038 votos, que somados aos 3.174 votos da legenda, garantiram a eleição de seu primeiro representante eleito pelo voto direto na câmara de vereadores, o vereador Omar Ferri, reconhecido advogado e defensor dos direitos humanos. Porém, divergências na votação do “sábado Inglês” levaram o PSB a expulsá-lo do partido em 1991.


Em 1992 o partido disputa as eleições na chapa da Frente Popular que elegeu Tarso Genro (PT) e Raul Pont (PT) e lança apenas três candidatos a vereador, não elegendo nenhum representante, o mais votado do partido, João Batista de Aguiar “Pirulito”, ficou na quarta suplência e chegou a assumir o mandato quando alguns dos vereadores eleitos foram chamados para o secretariado.


Em 1996 o PSB lança novamente chapa própria para a prefeitura com a candidatura de Maria Augusta Feldman e Elias Lemes, e para câmara 37 candidatos que somados receberam 21.364 votos e mais 1.475 votos na legenda, elegendo um vereador, o Professor Carlos Alberto Garcia com 3.438 votos, e João Batista de Aguiar “Pirulito” ficou na primeira suplência com 3.367 votos.


Em 2000 o PSB volta a compor a chapa da Frente Popular encabeçada por Tarso Genro (PT) e João Verle (PT) lançando dez candidatos a câmara de vereadores, reelegendo o Professor Carlos Alberto Garcia com 5.580 votos, e João Batista de Aguiar “Pirulito”, novamente como o segundo mais votado do partido, fica na décima suplência com 3.435 votos.


Em 2004 o PSB lança a candidatura de sua maior liderança no estado Beto Albuquerque (PSB) a Prefeitura de Porto Alegre tendo Ciro Machado (PSC) como candidato a vice; para o legislativo o partido inicia uma política de se preparar para disputar as eleições proporcionais com chapa própria ou sendo o partido majoritário na coligação, por isso lançou 39 candidatos, mais três do PSC que juntos receberam 27.288 votos, mais 2.573 votos na legenda, reelegendo, pela segunda vez, o Professor Carlos Alberto Garcia com 5.848 votos, e Airto Ferronato e João Batista Aguiar “Pirulito” como primeiro e segundo suplentes com 2.416 e 2.400 votos respectivamente. Em setembro de 2005 o vereador Carlos Alberto Garcia troca o PSB pelo PPS, e deixa o partido sem representação.

Omar Ferri (1988), Professor Carlos Garcia (1996, 2000 e 2004) Airto Ferronato (2008, 2012 e 2106) Paulinho Motorista (2012 e 2016) foram o vereadores eleitos pelo PSB nos últimos 30 anos.

Em 2008 o partido compõe a coligação que lançou Manuela D’Ávila (PCdoB) e Berfran Rosado (PPS) à prefeitura, e na eleição proporcional lança 39 candidatos que juntos somaram 19.360 votos mais 734 votos na legenda, elegendo Airto Ferronato com 2.372 votos, e a Lourdes da Lomba como primeira suplente.


Em 2012 o PSB novamente apoia a candidatura de Manuela D’Avila (PCdoB) e Nelcir Tessaro (PSD) a prefeitura, lançando 53 candidatos a câmara municipal, que juntos receberam 44.441 votos, e a legenda outros 842 votos, rompendo a barreira que o partido tinha desde 1988, elegendo, pela primeira vez, dois vereadores, Airto Ferronato, reeleito com 4.103 votos, e Paulinho Motorista com 3.311 votos, tendo Marcelo Chiodo e Tino Moraes na primeira e segunda suplência, com 3.113 e 2.908 votos, respectivamente. O estratégia adotada em 2004 pelo partido começava a surtir efeito.


O crescimento consistente alcançado pelo PSB em 2012 fortaleceram o partido para a disputa das eleições de 2016, pois, além dos dois vereadores, o partido teve a oportunidade de participar da administração de José Fortunati, ocupando as secretarias adjuntas do Trabalho e da Segurança, e a presidência do DMAE na segunda metade do governo. Por isso o PSB ingressa na coligação de 15 partidos que apoiou a candidatura do então vice-prefeito Sebastião Melo (PMDB) e Juliana Brizola (PDT) a prefeitura de Porto Alegre, derrotada por Nelson Marchezan Júnior no segundo turno.


Porém, para atender a uma solicitação da coligação, o partido aceitou uma aliança com a Rede Sustentabilidade na eleição proporcional, lançando 43 candidatos a vereador que juntos somaram 45.436 votos, e a Rede lançou outros 11 candidatos que somaram mais 15.601 votos; coligação que acabou por eleger três vereadores, o PSB reelegeu Airto Ferronato e Paulinho Motorista, e a Rede reelegeu Mauro Pinheiro, e Júlio Cesar Gonçalves “Tóvi” ficou como primeiro suplente. Essa estratégia evitou que o PSB continuasse seu processo de crescimento e mostrou-se uma decisão equivocada.

Professora Malú concorre como candidata a vice prefeita de Juliana Brizola (PDT) na primeira chapa 100% feminina a disputar as eleições majoritárias em Porto Alegre

Este ano o PSB indica, pela primeira vez em sua história, um candidato a vice na chapa majoritária, neste caso uma candidata a vice, a Professora Maria Luiza Loose "Malú", pedagoga, secretária estadual de mulheres do PSB, compõe, ao lado de Juliana Brizola (PDT), a primeira chapa 100% feminina a disputar as eleições majoritárias em Porto Alegre.


Para a câmara o PSB apresenta 41 candidaturas, e o partido espera pelo menos manter as duas cadeiras, e se possível seguir seu movimento de crescimento, para isso, concorrem a reeleição seus dois vereadores atuais, o vereador Airto Ferronato que buscará seu sexto mandato (antes de ingressar no PSB, Ferronato exerceu dois mandatos pelo PMDB), e Paulinho Motorista que tentará ocupar uma cadeira na câmara pela terceira vez.


Em relação a nominata da eleição passada o PSB vem bastante renovado, pois teve importantes ‘baixas’, principalmente no time feminino que em 2016 ocupou quatro das cinco primeiras vagas de suplentes do partido, e dos 43 candidatos lançados na eleição anterior, além dos dois vereadores eleitos, concorrem novamente pelo partido os candidatos Copinaré Acosta, ex-conselheiro tutelar, do OP e do Comathab; a professora de dança e coreógrafa Deboralis Molino; o técnico em manutenção e refrigeração Fábio Luciano Abreu “Fabinho da Agostinho”, atuante na Igreja Assembleia de Deus, e o Professor Lúcio Renato Brusch, professor e empreendedor de soluções ambientais inovadoras.

Lúcio Brusch, Copinaré Acosta, Airto Ferronato, Fabinho da Agostinho, Deboralis Molino e Paulinho Motoristas, são os remanescentes da nominata do PSB de 2016, que este ano disputam novamente a eleição.

Para reforçar a nominata o partido buscou dentro de seus quadros o engenheiro agrônomo e presidente do PSB de Porto Alegre Antônio Elisandro de Oliveira, ex-diretor geral do DMAE; o educador social Cleber Moraes, ativista social comunitário; a técnóloga em administração Izamel Ferreira, ativista social, secretária municipal da Negritude Socialista; a estudante de direito Lívia Teixeira, dirigente da JSB Porto Alegre; o policial rodoviário federal Rodrigo Zanini, graduado em letras; a bacharel em administração, empresária, Magliane Locatelli, diretora da Escola de Educação Infantil Pais e Filhos.

Cleber Moraes, Antônio Elisandro, Lívia Teixeira, Rodrigo Zanini, Magliane Locatelli e Izamel Teixiera, são alguns dos quadros partidários e lideranças do PSB que reforçam a nominata.

A nominata do PSB é uma nas quais encontramos um número expressivo de professores de todas as áreas de atuação, professores com trajetórias respeitadas e destacadas na profissão, entre os quais, o professor de Física Ênio Kauffman, um dos fundadores do Unificado e mais populares professores de cursinho do estado; o professor e filósofo Fábio Goulart, pesquisador, líder comunitário e ativista social; o professor de matemática Clayton Moch, com mais de 20 anos de dedicação a ensinar mais do que a matemática; o professor Zeca Giacomoni, defensor do esporte e da qualidade de vida e direitos para os idosos; cabelereiro e professor de cursos profissionalizantes Claudio Martins; e o sociólogo e conceituadíssimo professor universitário Renato de Oliveira, ex-Secretário Estadual de Ciência e Tecnologia, entre outros.

Ênio Kauffman, Cláudio Martin, Clayton Moch, Fábio Goulart, Zeca Giacomoni e Renato Oliveira, são candidatos que trazem na sua trajetória de vida a valiosíssima arte de ensinar aprendendo.

Na nominata do PSB encontramos ainda, profissionais liberais, funcionários públicos, lideranças comunitárias e sindicais, como o advogado, servidor público federal aposentado José Paulo de Oliveira Barros; o gestor público e funcionário do Grupo Hospitalar Conceição Celso Procópio; o ativista social, bacharel em direito, Tadeu Paraguassu, ex-coordenador Regional da Zona Sul, sobrinho do 'lendário' Aluízio Paraguassu; o Jornalista Flávio Valente, o taxista Miro Brazeiro, ex-presidente da associação de Taxistas de Porto Alegre; Junio Alby, presidente do movimento JHTV pela Paz; a chef de cozinha e cantora gospel Rita Rodrigues, sobrinha neta de Lupicínio Rodrigues; e o apresentador de rádio e TV Cris Lima.

Paulo Barros, Tadeu Paraguassu, Rita Rodrigues, Miro Brazeiro, Flávio Valente, Cris Lima, Celso Procópio e Junio Alby, reforçam a nominata do PSB à câmara.

Nas candidaturas mulheres o PSB apresenta ainda a militante do movimento negro Florence Ribeiro graduada em serviço social; a trabalhadora Mara Escobar; a moradora da Restinga e ativista pela não violência contra mulher Jéssica Cardoso; a cabeleireira Maria Regina Castanho; a estudante Milena Fraga; a cuidadora de idosos Nara Pahim; e a líder comunitária, graduada em Direito, Pastora Raquel Pereira.

Milena Fraga, Florece Ribeiro, Raquel Pereira, Mara Escobar, Jéssica Cardoso, Maria Regina e Nara Pahim, compõem a chapa feminina do PSB

Completam a nominata do PSB o cabeleireiro Eduardo Cabello; o aposentado Eduardo Cesar Gass licenciado em história; o porteiro Luis Poall, radialista formado pela Oscip pe. Landell de Moura; o segurança Marco da Rosa; o defensor do meio ambiente Marco Barra; o Professor e músico Moisés Hermeto Dornelles; e o empresário do ramo de transportes Rodrigo Maciel.

Rodrigo Maciel, Luís Poall, Eduardo Gass, Marco da Rosa, Marco Barra e Eduardo Cabelo completam a nominata socialista.

A nominata do PSB é bem representativa conforme o perfil do partido, que é de centro-esquerda, portanto mescla candidatos professores, funcionários públicos e profissionais liberais, com pequenos empresários e trabalhadores.


Por se uma nominata em que a maior parte dos candidatos concorrem pela primeira vez, fica difícil imaginar o desempenho nas urnas, porém, o partido, tem um histórico de surpreender, como fez em 2012 com a eleição de Paulinho Motorista, concorrendo pela primeira vez, até então tendo dedicado parte de sua vida a conduzir um ônibus de transporte coletivo da zona sul de Porto Alegre, Paulinho conquistou uma cadeira na câmara de vereadores e a manteve na eleição de 2016.


Alguns candidatos da nominata apresentam grande potencial, por suas trajetórias profissionais, os professores por exemplo, alguns muito populares, ou por suas atuações sociais, o que pode potencializar a nominata e garantir, não só a manutenção das duas cadeiras, mas também ampliar a bancada.


Glasnost seguirá acompanhando as movimentações do PSB durante a campanha eleitoral. Acompanhe, e se gostar, curta, comente e compartilhe!


Lista dos candidatos do PSB com os respectivos números conforme registro no TRE


ANTÔNIO ELISANDRO DE OLIVEIRA - ANTÔNIO ELISANDRO DE OLIVEIRA - 40111

BARROS - JOSE PAULO DE OLIVEIRA BARROS - 40004

CELSO PROCÓPIO - CELSO DA SILVA PROCÓPIO - 40288

CHEF RITA RODRIGUES - RITA CASSIANE RODRIGUES BARROS HOFFMANN - 40940

CLÁUDIO MARTINS - JOSÉ CLAUDIO ALVES MARTINS - 40140

CLEBER MORAES - CLEBER MORAES DA SILVA - 40244

COPINARE ACOSTA - COPINARÉ ACOSTA - 40123

CRIS LIMA - CRISTIAN TADEU SOUZA DE LIMA - 40333

DEBORALIS MOLINO - DEBORALIS SILVA DE OLIVEIRA MOLINO - 40840

EDUARDO CABELLO - EDUARDO PEREIRA MARQUES NETO - 40005

EDUARDO CESAR GASS - EDUARDO CESAR DA SILVA GASS - 40627

FABINHO DA AGOSTINHO - FABIO LUCIANO DE MELO ABREU - 40700

FERRONATO - AIRTO JOAO FERRONATO - 40540

FLÁVIO VALENTE - FLÁVIO VALENTE DE OLIVEIRA - 40043

FLORENCE RIBEIRO - FLORENCE RIBEIRO DIAS - 40080

IZAMEL FERREIRA - IZA TEREZINHA FERREIRA DA SILVA - 40777

JÉSSICA CARDOSO - JÉSSICA REJANE MACHADO CARDOSO - 40007

LÍVIA TEIXEIRA - LIVIA TEIXEIRA DA SILVA - 40770

LUIS POALL - JOSE LUIS RODRIGUES DA SILVA - 40440

MAGLI - MAGLIANE BREVES BACEDONI BRASIL LOCATELLI - 40377

MARA ESCOBAR - MARA LUCIA DA SILVA ESCOBAR - 40775

MARCO DA ROSA - MARCO AURELIO MACHADO DA ROSA - 40240

MARIA REGINA - MARIA REGINA DE MORAES CASTANHO - 40407

MAURO BARRA - MAURO ASSIS DA SILVA RODRIGUES - 40321

MILENA FRAGA - MILENA CRISTINA SILVA FRAGA - 40222

MIRO BRAZEIRO - ALTAMIR JOSÉ BRAZEIRO - 40555

NARA PAHIM - NARA REJANE SCHMITT PAHIM - 40500

PATRÍCIA ALMEIDA - PATRÍCIA ALMEIDA RODRIGUES - 40722

PAULINHO MOTORISTA - PAULO SÉRGIO ALVES DOS SANTOS - 40000

PRA RAQUEL PEREIRA - IRIS RAQUEL SCHONEWALD PEREIRA - 40150

PRESIDENTE DA PAZ - JUNIO ALBERTO FONTOURA DOS SANTOS - 40800

PROF CLAYTON - CLAYTON GREGIS MOCH - 40999

PROFESSOR E FILÓSOFO FABIO GOULART - FABIO GOULART - 40888

PROFESSOR ENIO KAUFMANN - ENIO ROBERTO KAUFMANN - 40444

PROFESSOR LÚCIO BRUSCH - LUCIO RENATO DE FRAGA BRUSCH - 40456

PROF MOISES - MOISES HERMETO AMBIEDA DORNELLES - 40401

PROF ZECA GIACOMONI - JOSE PAULO GIACOMONI - 40040

RENATO DE OLIVEIRA - RENATO DE OLIVEIRA - 40202

RODRIGO MACIEL - RODRIGO MACIEL DA SILVA - 40400

RODRIGO ZANINI - RODRIGO NUNES ZANINI - 40122

TADEU PARAGUASSU - TADEU DE FREITAS PARAGUASSU - 40740

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

© 2020 by Serginho Neglia.

criado com Wix.com