• Glasnost

É difícil a missão do Podemos?

O Podemos nasceu PTN - Partido Trabalhista Nacional em 1995 por iniciativa do então deputado federal paulista Dorival de Abreu que dirigiu o partido até sua morte em 2004, foi sucedido por seu irmão também ex-deputado federal paulista, José de Abreu, que passou a presidência do partido para a sua filha a deputada federal paulista Renata Abreu. Em 2016 o Partido mudou o nome para Podemos inspirado no slogan da campanha de Barack Obama “Sim, nós podemos”. Em 2018 lançou a candidatura do senador Álvaro Dias a presidência da república, e em 2019 o Podemos incorporou o PHS.


Em Porto Alegre o PTN participou pela primeira vez das eleições em 2000 quando compôs a coligação “União Trabalhista” com PDT, PTB, e PMN , que lançou a candidatura de Alceu Collares (PDT) e Sônia Santos (PTB) a prefeitura. Para a câmara o partido lançou uma única candidatura, a de Sidney Luiz Suris Pereira que recebeu 1.209 votos.


Em 2004 o partido compõe a Frente Popular ao lado de PT, PCdoB, PCB, PL, PSL e PMN, apoiando a candidatura de Raul Pont (PT) e Maria do Rosário (PT), e para a câmara lançaram oito candidatos que juntos somaram 2.259 votos.


Em 2008 o PTN participa da coligação "Porto Alegre é mais" com PCdoB, PPS, PR, PTdoB, PMN e PSB com Manuela D’Ávila (PCdoB) e Berfran Rosado (PPS) na disputa a prefeitura, com três candidatos à câmara: Ione Dias da Silva, Ivo Nunes Goulart e Jorge Horácio Correa.


Em 2012 fez parte da coligação de nove partidos que elegeu José Fortunati (PDT) e Sebastião Melo (PMDB) no primeiro turno. Neste ano o partido não lançou nenhum candidato a vereador.


Nas últimas eleições, em 2016, o PTN participou da coalisão de 15 partidos que apoiaram a candidatura de Sebastião Melo (PMDB) e Juliana Brizola (PDT) à prefeitura, e lançaram um único candidato a vereador, Alessandro de Moraes Fernandes.

Sônia Martins, Nilza Salles e Lino Abel tem a missão de conquistar, não só o voto dos eleitores, mas uma cadeira para o Podemos na câmara de Porto Alegre.

Nesta eleição, já como Podemos e contando com a liderança do senador Lasier Martins, que ingressou na sigla em 2019, o partido compõe a coligação que apoia a candidatura de José Fortunati (PTB) e André Cecchini (Patriota) a prefeitura, e apresenta três candidaturas para a câmara de vereadores. o Contador e auditor Lino Abel Nunes, servidor público estadual, presidente da ASTC - Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do RS. a representante comercial Nilza Salles, que foi candidata a deputada estadual pelo PSD em 2018; e a aposentada, empreendedora, Sônia Maria Senise Martins, licenciada em ciências sociais.


O Podemos vive um momento de estruturação no Rio Grande do Sul, a partir do ingresso de Lasier Martins, essa é sua primeira eleição em Porto Alegre, com a nova estrutura, e será necessário que os três candidatos façam votações excepcionais para o partido conseguir eleger um representante na câmara de vereadores de Porto Alegre. Tarefa muito difícil, porém, como sempre dissemos, não impossível.

Lista dos candidatos do Podemos com os respectivos números conforme registro no TRE


LINO ABEL NUNES - LINO ABEL NUNES - 19777

NILZA SALLES - NILZA SALLES - 19797

SONIA MARTINS - SONIA MARIA SENISE MARTINS - 19700

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

© 2020 by Serginho Neglia.

criado com Wix.com